Executados quase 65% do projeto

Ao diretor executivo da AECOA, António Pinto Moreira, coube apresentar o ponto da situação do projeto conjunto ‘Qualifica Plus’.

Com um investimento total elegível de 430.500 euros, dos quais quase 366 mil vão para as 25 empresas aderentes, o projeto conjunto ‘Qualifica Plus’ apresenta, neste momento, uma taxa de execução total de 65% aproximadamente.

O projeto conjunto ‘Qualifica Plus’, cujo promotor é a Associação Empresarial do Concelho de Oliveira de Azeméis (AECOA), está praticamente a chegar a seu termo, no que diz respeito aos investimentos que estão a ser levados a cabo pelas 25 empresas que dele fazem parte (despesas individualizáveis). Até final do próximo mês, estas devem fazer chegar à AECOA os comprovativos dos investimentos previstos no âmbito deste projeto, apoiado pelos fundos comunitários do COMPETE 2020 | FEDER.

Neste momento, dos 365.925 euros de despesa total elegível para as empresas aderentes, estão executados mais de 226 mil euros, isto é, 62,2%, enquanto as despesas distribuíveis (partilhadas pelo promotor e pelas empresas) representam atualmente 64% do seu valor total. No que diz respeito ao investimento exclusivo do promotor (indivisível) realizado até agora, este ronda os 48%, sabendo-se de antemão que muitas são ainda as atividades a desenvolver pela AECOA no âmbito do ‘Qualifica Plus’ mesmo depois da sua conclusão em março deste ano.

Seis empresas já concluíram investimentos

Das 25 empresas, seis já fecharam os seus investimentos integrados no ‘Qualifica Plus’. São elas: 2You, BTL, Imagem Urbana, Iplaz, Metalogonde e Santosom. Três estão prestes a concluir e sete estão a mais de metade do caminho. Cinco encontram-se abaixo da barreira dos 50% e quatro ainda não apresentaram quaisquer comprovativos de despesas, não obstante a AECOA ter conhecimento de que os investimentos estão a ser realizados.

Estes e outros dados sobre o estado do ‘Qualifica Plus’ foram apresentados, no passado dia 22 de janeiro, no Seminário de Acompanhamento do projeto, pelo diretor executivo da AECOA, António Pinto Moreira.

Mesa que presidiu este seminário de acompanhamento do Qualifica Plus.

Este encontro, que contou com quase quatro dezenas de participantes, foi liderado pelo presidente da Assembleia Geral da Associação Empresarial do Concelho de Oliveira de Azeméis, Casimiro de Almeida, acompanhado pelo vice-presidente da direção, Manuel Tavares.

O consultor José Brandão de Sousa elaborou para a AECOA o estudo ‘O impacto do Brexit nas empresas de Oliveira de Azeméis’.

De reter que, neste seminário, foi tornado público um estudo inédito sobre ‘O impacto do Brexit nas empresas de Oliveira de Azeméis’, elaborado para a AECOA pela empresa Olivetree Consultores.

Veja mais pormenores AQUI

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *