Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis (CLOA)

A Língua que importa é a que exporta

Não é necessário ser-se um empresário experiente e de sucesso, ou colaborador de um qualquer departamento de exportação/ importação para termos a noção quão importante é possuirmos conhecimentos e competências linguísticas nos mais diversos idiomas nos tempos que correm.

O conceito de ‘aldeia global’, introduzido por McLuhan, soa já por demais conhecido neste universo marcado atualmente por uma pandemia, que derrubou todas as fronteiras e mostrou como vivemos num planeta tão pequenino, de curtas distâncias e menores tempos.

Estamos aqui ‘ao lado’… uns dos outros. À distância de um simples ‘clique’, como também já nos habituamos a dizer. Os projetos, os acordos, os negócios, as trocas, os intercâmbios, entre milhares de outros tipos de relações internacionais, fazem-se em segundos e o idioma não deve ser mais entrave para fluírem e consolidarem-se.

A Língua da mãe-pátria deve ser encarada como herança rica, um presente vindo do berço. No entanto, o quotidiano das nossas empresas (e empregos) exige mais…. muito mais!

Se é certo que nem todos nascemos com tendência para o ‘hiperpoliglotismo’, reconhecemos, porém, a importância de falarmos, escrevermos e compreendermos alguns idiomas (uns mais do que outros), o que facilita o acesso a novos projetos e a excelentes negócios. E o seu contrário é, igualmente, um verdadeiro handicap à evolução de qualquer empreendimento.

Neste contexto, o Centro de Línguas de Oliveira de Azeméis (CLOA) assume-se como um magnífico aliado, verdadeiro ‘trampolim’ para milhares de alunos e formandos que por lá têm passado ao longo de mais de meio século de existência. O CLOA propõe-se “continuar a ajudar as empresas a crescer e a exportar “, até porque “a Língua que importa é a que exporta”.

Conheça melhor o CLOA, invista na sua formação e ultrapasse (todas) fronteiras!

www.cloa.org.pt

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *