“Este não é um ponto de chegada, mas um ponto de partida”

O projeto ‘QUALIFICA PLUS’ chegou ao seu termo. Conforme assumiu o diretor executivo, António Pinto Moreira, “este não é um ponto de chegada, mas um ponto de partida”. Até porque agora há que apresentar as contas finais às entidades competentes. Uma coisa é certa: a AECOA está satisfeita com os resultados obtidos.

Da esq.ª para a dir.ª: Luís Fonseca, preletor do tema abordado na sessão (‘A marca na estratégia de desenvolvimento empresarial’), Joaquim Jorge Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Casimiro de Almeida, presidente da Assembleia Geral da AECOA, Miguel Marques, da COMPETE 2020, e António Pinto Moreira, diretor executivo da AECOA.

O seminário de encerramento do projeto conjunto ‘Qualifica Plus’ (QP) reuniu, no Hotel Rural Vale do Rio, a 26 de fevereiro, cerca de meia centena de participantes, entre entidades oficiais e autárquicas, membros dos órgãos diretivos da Associação Empresarial do Concelho de Oliveira de Azeméis (AECOA), empresários, entre outros. A oportunidade para constatarem os resultados deste projeto financiado pelo COMPETE 2020, no âmbito do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI), apresentados em VÍDEO e pelo diretor executivo desta Associação, António Pinto Moreira.

A qualificação e a inovação organizacional e de marketing de 25 Pequenas e Médias Empresas do Norte e Centro do país envolveram um investimento total de 430.500 euros, dos quais quase 238 mil (não reembolsáveis) vieram do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). A média de despesa por empresa situou-se nos 15 mil euros, com 26 investimentos em inovação organizacional e gestão (ERP/CRM, sistemas de qualidade, equipamentos informáticos e TIC’s) e 18 apostas no marketing (websites, catálogos digitais, vídeos, registo de marcas e design).

De acordo com as contas prévias da AECOA, que serão apresentadas à Autoridade de Gestão do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020), o ‘QP’ apresenta uma excelente taxa de realização. Esta situa-se, ao nível das despesas das empresas, nos 98,5%, tendo a Associação Empresarial executado todas as atividades previstas em sede de candidatura, com uma taxa de execução de 100%.

Os resultados apresentados revelam esforço por parte da entidade promotora (AECOA), nas palavras de Miguel Marques, responsável do COMPETE 2020, que, com o seu colega Nuno Silva, estiveram presentes na sessão. Este técnico superior da Autoridade de Gestão do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização fez notar que o processo não termina aqui. Há um grande caminho a percorrer e uma série de procedimentos a cumprir, que não se esgotam na data agendada para fecho oficial deste projeto conjunto (28 de fevereiro 2020).

Também Joaquim Jorge Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, felicitou a Associação Empresarial do concelho que lidera pela dinâmica e cooperação desenvolvidas junto do tecido empresarial local e regional. O autarca manifestou, ainda, abertura para apoiar e colaborar com a AECOA neste desiderato.

A seminário fechou com a preleção “A marca na estratégia de desenvolvimento empresarial”, a cargo do consultor Luís Fonseca, logo após a entrega simbólica de Certificados de Adesão às empresas que fizeram parte do ‘Qualifica Plus’.

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *