A AECOA é uma instituição que congrega os interesses multissectoriais das empresas do concelho, representando os seus associados junto de autoridades industriais, públicas e privadas, de âmbito regional, nacional e internacional. A aproximação a outras instituições públicas e privadas, faz parte da estratégia desenhada pela atual direção da AECOA, nomeadamente a dois níveis:

  1. Nível Sub-Regional
    • Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis
    • Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Terras de Santa Maria
    • Universidade de Aveiro/PROGRAMA AVEIRO/NORTE
    • CEDV – Conselho Empresarial do Entre Douro e Vouga
    • AECA
    • AEF
    • CLUBE DE EMPRESÁRIOS DE S. JOÃO DA MADEIRA
    • Escolas Secundárias
    • Santa Casa da Misericórdia de Oliveira de Azeméis
    • FAMOA – Federação das Associações do Município de Oliveira de Azeméis
  2. Nível Nacional
    • AEA – Associação Empresarial de Águeda
    • Conselho Superior Associativo da AEP
    • CEDRAMP – Conselho Empresarial da Área Metropolitana do Porto

 

Missão e Serviços

A atuação da AECOA tem por missão potenciar a capacidade empreendedora dos empresários de Oliveira de Azeméis na promoção, desenvolvimento e defesa dos interesses coletivos de todas as empresas associadas. No quadro do plano atual das suas atividades constituem objetivos da AECOA:

  1. Atuar com proximidade junto aos órgãos regionais e nacionais competentes, de forma a ser porta-voz das preocupações e anseios dos seus associados, em áreas como a fiscal, financeira, laboral, qualidade e investimentos.
  2. Fomentar atividades de promoção das empresas associadas e da economia regional no mercado nacional e internacional.
  3. Proporcionar um serviço de informação empresarial atualizado, capaz de divulgar oportunidades de negócio, serviços e informações de suporte à gestão das empresas associadas.
  4. Intervir na negociação em áreas de interesse, que possam afetar a competitividade dos produtos e serviços das empresas associadas, no mercado nacional e internacional.
  5. Prestar serviços técnicos de apoio aos associados em áreas de suporte à gestão, marketing, formação, qualidade e ambiente, higiene e segurança e incentivos ao investimento das empresas.
  6. Criar e apoiar infraestruturas de suporte às atividades das empresas e ao crescimento da economia regional.
  7. Promover e desenvolver a investigação aplicada em tecnologias industriais e de informação, bem como a qualificação dos Recursos Humanos.